Histórico de edições

(424)
há 2 anos
A ilustração é totalmente sem graça. Quando a violência é direcionada contra o homem, tratam-na com imenso deboche. Quando a violência, mesmo mínima, é direcionada contra a mulher, a mulher só falta
há 2 anos
Pois é amigo, se as pessoas se preocupassem menos com gênero, cor, idade e mais com o crime cometido, esses problemas seriam resolvidos. Procure um vídeo da Thais Azevedo, bem interessante.
há 2 anos
Pois bem, direitos iguais, ainda que inexista "João da Penha" necessário lembrar da possibilidade de medida protetiva também para o homem face a violação de direitos e garantias individuais, a sua
Seguiu o perfil de Escritório
há 2 anos
há 2 anos
Ele está certo, e não está agindo de maneira imoral, o erro é do tribunal de jogar toda responsabilidades das audiências no estagiário, lembrando ele não é servidor, ele é um ESTAGIÁRIO , e deve
há 2 anos
Demonstra a índole da pessoa, independentemente dele poder ou não fazer isso, lamentável que ele coloque interesses pessoais acima das suas obrigações profissionais. Não é porque posso fazer, que eu
há 2 anos
A justiça brasileira é uma piada demorada.
há 2 anos
O absurdo não está na conduta do estagiário. O absurdo está em uma Vara Criminal da capital do Estado do Ceará depender única e tão somente de um funcionário, que diga-se de passagem, é um
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Londrina (PR)

Carregando

Felipe Carvalho

Entrar em contato